segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Piaggio disponibiliza MP3 livre de carta de condução

A Piaggio acaba de lançar no mercado nacional uma variante da MP3 que tem como particularidade o facto de poder ser conduzida com carta de condução de categoria B, ou seja, de automóvel. Cai assim por terra um dos entraves ao sucesso destes modelos enquanto alternativa ao automóvel.


Luis Miguel Almeida

A gama Piaggio MP3 ficou enriquecida com a «entrada em campo» da LT. Esta variante do versátil triciclo italiano pode ser conduzido com carta de categoria B. Uma boa notícia para todos os que vinham a equacionar esta possibilidade mas que se viam privados devido à exigência, até então, de carta de motociclo.A LT junta assim às características já conhecidas, o forte argumento de não exigir um custo adicional, o da carta de motociclo, para livre circulação.Numa altura em que os trânsitos nos centros urbanos são cada vez mais uma dor de cabeça, as scooter e maxi-scooter têm vindo a ser encaradas como uma alternativa, não só pela maior rapidez e agilidade proporcionadas, mas também pelo baixo consumo associado. Porém, a exigência de carta de motociclo têm sido um entrave para alguns dos consumidores. Agora «já não há desculpas».A MP3 é um triciclo que revolucionou o mercado das scooter já que dispõe de duas rodas na dianteira e um complexo sistema de suspensão que permite que se incline como se de um motociclo se trata-se mas evita que o mesmo tombe. O trem dianteiro garante maior estabilidade, face aos modelos convencionais de duas rodas.Para além da estabilidade em curva, o modelo destaca-se ainda no momento da travagem, assente em três discos, já que o facto de possuir duas rodas na dianteira se traduz numa maior superfície de contacto com o solo, na ordem dos 20 por cento.Mesmo quando imobilizada, a MP3 possui um dispositivo que impede que se desequilibre. Não é por isso de estranhar que sejam cada vez mais os automobilistas os adeptos do modelo italiano.A MP3 está disponível no mercado nacional com duas motorizações, de 250cc e 400cc, sendo o preço de comercialização de 5740 euros (+ IVA) e 6990 euros (+ IVA), respectivamente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário